Propriedade rural é atuada em mais de R$100.000 por corte de árvores em reserva
05/12/2018

Nesta terça feira, dia 04/12/2018, Policiais Militares Ambientais pertencentes ao 3ª Gp Mamb, em Ituiutaba/MG, receberam denuncia noticiando o corte de árvores em área de mata nativa em uma propriedade situada na zona rural de Ituiutaba/MG.

Sendo assim, os policiais militares ao chegar no local da denúncia encontraram em um galpão várias toras de madeira. Dessa forma, em face da fundada suspeita foi realizada vistoria nas áreas de mata nativa e comuns, sendo verificado o corte de 20 árvores em área de reserva legal e 06 árvores em área comum, que se deram sem a devida autorização do órgão ambiental competente.

Em continuidade a fiscalização foi verificado o funcionamento da atividade de criação de bovinos em uma área de 735 hectares sem a devida licença ambiental do órgão competente. Atividade essa considerada potencialmente poluidora conforme Deliberação Normativa do COPAM 217/2017.

Assim sendo, foi lavrada autuação no valor de 31.376,66 UFEMG ou R$ 102.018,07. Foram apreendidos 26 metros cúbicos de madeira nativa oriunda da intervenção ambiental irregular. Além disso, foram suspensas as atividades até regularização junto ao órgão ambiental competente.

Vale ressaltar que o funcionamento de atividade potencialmente poluidora sem a licença ambiental do órgão competente é Crime Ambiental descrito no artigo 60 da Lei Federal 9605/98 “ Lei dos Crimes Ambientais”, razão pela qual foi feita a devida comunicação do crime ambiental a autoridade competente.

A Polícia Militar de Meio Ambiente conta com apoio da população para que, quem tiver informação que esteja ocorrendo crime ambiental em sua localidade, que faça a denúncia de forma consciente e com maior número de detalhes no número 181 (Ligação gratuita e anônima) e no caso da cidade de Ituiutaba/MG tem a disposição também o número 198, assim o trabalho dos Policiais Militares Ambientais pode ser mais efetivo.

Mais notícias!